Veja quais exames não podem faltar no seu check-up de saúde

Médicos recomendam exames de rotina de 2 em 2 anos para adultos saudáveis

Você se lembra qual foi a última vez que fez aquela bateria de exames para ver se estava tudo bem com o corpo? Mesmo que você não sinta nenhum sintoma, o check-up médico é indispensável para avaliar o estado médico e indicar doenças que estejam em estágio precoce, muitas vezes assintomáticas.

Se tem muito tempo que você não realiza esses procedimentos, o ideal é procurar um clínico geral, ele vai te dar todas as orientação, inclusive falar sobre a frequência desses exames. Especialistas recomendam que adultos saudáveis façam exames de 2 em 2 anos. Os indivíduos com fatores de risco, como obesidade, hábito de fumar e sedentarismo, devem fazer anualmente. Já as pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, devem realizar de 6 em 6 meses. 

Mas afinal, quais são os principais exames solicitados? Boa parte deles são simples e são realizados por meio de uma coleta de de sangue, urina e fezes. São eles

  • Glicemia em jejum;
  • Hemograma;
  • Ureia e creatinina;
  • Ácido úrico;
  • Colesterol total e frações;
  • Triglicerídeos;
  • TGO/AST e TGP/ALT;
  • TSH e T4 livre;
  • Fosfatase alcalina;
  • Gama-glutamiltransferase (GGT);
  • PCR;
  • Exame de urina;
  • Exame de fezes.

Um exame simples de sangue pode descobrir, por exemplo, problemas no fígado, rins, coração e revelar doenças como anemia e leucemia. 

Se você é mulher, recomenda-se uma visita anual ao ginecologista. A saúde feminina pode ser medida por meio do papanicolau, colposcopia, vulvoscopia, ultrassonografia de mamas e ultrassonografia transvaginal. Uma infecção, um cisto ou alguma alteração no aparelho reprodutivo vão aparecer nestes exames.

Já os homens, a partir dos 40, também têm exames específicos a serem realizados, como ultrassonografia de próstata, toque prostático e dosagem do hormônio PSA. Eles servem para identificar alterações na próstata, como tumores.

Os fumantes também devem fazer um check-up mais extenso, isso porque o tabagismo é um fator de risco para inúmeras doenças. Neste caso, medir a dosagem de alguns marcadores tumorais, eletrocardiograma com prova de esforço e análise de expectoração com pesquisa de células cancerígenas são indispensáveis.

Ao chegar no consultório é importante que conte ao médico toda a sua rotina. Se você consome álcool com frequência, não pratica exercícios e tem uma alimentação nada balanceada, esses hábitos podem refletir diretamente na sua saúde.

Qualquer sintoma tem que ser investigado também, uma dor de cabeça frequente, um refluxo ou um caroço em qualquer parte do corpo. Antes de ir ao médico, tente fazer uma lista de tudo que sentiu nas últimas semanas, assim nada passará despercebido.

O check-up pode salvar vidas, 90% dos casos de câncer de próstata em fase inicial têm cura, por exemplo. A consulta inicial pode te dar orientação para outras especialidades que te darão melhores condições de tratamento, caso haja algum problema. 

Além do check-up, para cuidar de vez da saúde, tenha hábitos de vida mais saudáveis. Uma alimentação balanceada, exercícios físicos, lazer e cuidado com a saúde mental podem ser aliados na luta contra doenças. 

Tags: qualidadedevida saúde

Veja mais